SIGA O MEU BLOG

domingo, 12 de outubro de 2008

ASAS ( PACTO DOS ANJOS)


Você era um anjo
Que decidiu voltar às estrelas
Implorei para que não fosse
Nas estrofes de um singelo poema.

“Meu Sonho”, eu lhe dediquei,
Mas, ao ouvi-lo, partiu,
Em silêncio permaneci e chorei...

Mas, como por encanto retornou...

Levou-me para bem longe
Próximo à beira do mar.
Retirou suas asas
Oferecendo-as às ondas insanas.

Bem longe dali, uma criança triste estava,
Sem esperança de andar e de viver.
As ondas, agora serenas,
Entregaram-lhe um presente...

Ao tocá-las, seus pés se moveram,
Seu coração voltou a bater mais feliz,
Sua alma e seu espírito outrora em conflitos
Em paz agora estavam em vigília...
==============================================
Dedico este poema a uma grande mulher: um anjo chamado Clara Arruda.

*poema de Agamenon Troyan
machadocultural@gmail.com

MSN(machadocultural@hotmail.com )

2 comentários:

clara disse...

Não saberás com certeza, a importãncia que seu poema tem para mim.
Continua meu anjo a escrever e a embelezar nossas almas tão carentes de afeto.
Te amo

Bruno R.Ramos disse...

Belo texto. Lembrei-me das análises das poesias do simbolismo. Um machadense do sul de Minas que, com certeza, dará muito orgulho aos seus concidadãos.

Abraços