SIGA O MEU BLOG

quinta-feira, 25 de junho de 2009

MOMENTOS DE UM POETA

No silêncio da solidão
Com papel e caneta na mão
Momentos de um poeta
Com sede de gritar ao mundo inteiro,
Escrevo o que não posso falar.

Do que vem a mente
Opiniões, sentimentos,
Idéias e aflições
Momentos de um poeta
Com sede de gritar, ao mundo inteiro
Escrevo, o que só, não posso transformar.

Nos poemas que escrevo,
As emoções se explodem
Transparece no momento
Um pensamento de um poeta
Com sede de gritar, escrevo
Depois imagino, no que as pessoas irão pensar.

* Fabiana Cruz compositora e poetisa Salvador-Ba.
FOTO:http://br.geocities.com/corupasc/drummondestatua.gif

Um comentário:

Fabiana Cruz disse...

Belíssima imagem que anexou ao meu poema. Muito obrigada Carlos pela força.