SIGA O MEU BLOG

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

ACORDA ISRAEL!



Lamentai Israel!
Chore o teu sangue
Gota a gota...
Pingente!
Em árida face.

Murchai a tua vida,
Secai as entranhas,
Lento...
Lentamente!
Em teu âmago bélico!



Lamentai Israel!
Vendai os teus olhos,
Míopes:
Vazados...
Em órbitas lacradas!

Murchai o teu orgulho
Emudecendo-te a voz,
Gaga e
Rouca...
No silêncio da tumba!

Lamentai Israel!
O abandono de Deus
Passo a passo...
Caindo no vácuo!

Chorai... Órfã!
Às migalhas,
Farelo a farelo...
Do festim do Céu.

Lamentai Israel!
A chacina vil,
Petardos, metralhas...
Sobre meninos!

Chorai desgraçados
O parir das bombas,
Impactos,
Hecatombes...
Contra os idosos!

Lamentai Israel!
O fio da espada,
Gélido,
Penetrante...
No ventre de mulheres!

Chorai infelizes!
Bíblico povo de Deus,
Trêmulos,
Hesitantes,
Agora... Ímpios ateus!

Lamentos e lágrimas
Purificando a alma:
Devagar...
Seguidamente!
Pára o puro lapidar!

Recolhei às tuas armas,
Abriga-te no templo,
Orando, rezando,
Redimindo...
Dando bom exemplo!

Saneai os teus irmãos!
Expurgando os maus,
Um a um...
Todos!
Purificando os justos!

Assim, oh Israel!
Nação de Deus bendita!
Voltarás... Para sempre!
Ao seio de Emanuel.

Às tuas fronteiras
Alastrar-se-ão
À frente...
Circundante!
Absorvendo a todos!

Troque armas e munições
Por alimentos e flores,
Abraços, apertos de mãos,
E a palavra do Redentor!

De um povo confinado
Transfigurarás em bonança:
Parábolas/ salmos/ louvores!
Frutos da...
ETERNA ALIANÇA!

2 comentários:

Vera Celms disse...

Genial!!!
Foca exatamente o lado vil da guerra, do conflito, da vítima... da hecatombe... amei...muito profundo... quem é o autor? Parabéns!

Danielle Macena disse...

Muito bom esse seu post..
bju