SIGA O MEU BLOG

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

MARIANGELA ZAN

Mariangela Zan, filha do acordeonista e compositor Mário Zan, sempre sentiu interesse pela música, pois cresceu no meio de músicos e compositores. Começou a cantar aos 13 anos de idade, fazendo backing-vocal nos shows e bailes de seu pai, por todo o Brasil.

Aos 15 anos, assumiu oficialmente o vocal da banda, interpretando canções de autoria de Mario Zan e de outros compositores. Mariangela Zan diz que firmou-se como cantora profissional nos bailes pelo Brasil, pois é neste ambiente que um intérprete aprende a cantar todos os ritmos.

Ao longo destes 14 anos acompanhando seu pai, Mariangela Zan apresentou-se cantando solo em diversos programas de televisão como: Altas Horas e Mais Você (REDE GLOBO); Viola minha viola e Ensaio (TV CULTURA), recebendo elogios do diretor e apresentador do programa Fernando Faro; Programa do Ratinho (SBT), acompanhada pela Banda da Polícia Militar do estado de S.P e vários outros programas em diversos canais de televisão.

Mariangela Zan apresentou com Mario Zan durante dois anos e meio, o Programa “Mário Zan e seus convidados”, na REDE VIDA DE TELEVISÃO, onde apresentou os melhores artistas da música popular Brasileira e algumas atrações internacionais, atingindo grande audiência.


Neste programa, Mariangela Zan cantava uma música por programa, sempre variando compositores e ritmos.

Mariangela Zan gravou um CD em homenagem a seu pai Mário Zan, com composições de autoria dele (relançado em 2009) e realizou vários trabalhos como backing-vocal em estúdios de gravação para outros artistas. Mariangela Zan apresentou-se em praticamente todos os Sesc..s da capital e interior de S.P, em shows com muito sucesso.

Ela cita como os shows mais marcantes de sua carreira os dois que ela fez em companhia de seu pai na Sala São Paulo, em Janeiro de 2004, o primeiro acompanhado de uma maravilhosa orquestra, onde interpretou vários sucessos de Mário Zan e o segundo, acompanhada pela Banda da Polícia Miltar do estado de S.P.

Em 2006, Mariangela Zan apresentou-se com grande êxito no Festival América do Sul em Corumbá – MS, cantando entre outras, canções locais pantaneiras e na semana seguinte, em Cuiabá - MT, numa belíssima apresentação para o governador do estado Blairo Maggi, sua familia e convidados, na ocasião em que seu pai recebeu a comenda da Ordem do Mérito do Mato Grosso, pela canção “Chalana”, de sua autoria.

Nesta nova fase da carreira, Mariangela Zan já se apresentou cantando em diversos programas de televisão como: Terra Nativa (Tv Bandeirantes), Pra você – de Ione Borges, (TV Gazeta), Ritmo Brasil (REDE TV!), Programa Teodoro e Sampaio (Rede Record), Programa Dia a dia Rural (Tv Terra Viva, do Grupo Bandeirantes), Programa Caminhos da Roça (EPTV - Globo Interior SP e MG), Viola minha viola (Tv Cultura).

A gravação “Chalana” na voz de Mariangela Zan, faz parte da programação de grandes rádios do gênero em São Paulo, como Terra e Tupi.

Mariangela Zan participou no ano de 2008 do projeto “Filhos de peixe”, em companhia do cantor e violonista Gabriel Sater (Filho do violeiro e compositor Almir Sater) e do também violonista Negão dos Santos (filho do compositor Elpídio dos Santos), onde se apresentaram com shows em diversas cidades do Brasil, programas de rádio e televisão e fizeram um show memorável no Centro Cultural São Paulo.

Atualmente, Mariangela Zan apresenta o show: “Viagem pela música raiz”,que agrada gerações por onde passa, levando o público da emoção a extrema alegria. Sucesso absoluto de público em Sesc's, Centros Culturais, Praças Públicas, sendo várias vezes aplaudida de pé. Mariangela Zan tem 30 anos de idade, é formada em Direito e Jornalismo.

 Fonte: http://www.myspace.com/mariangelazan

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

IMPRESSÕES (Tamyris Torres)


Na praia antes do sol se pôr eu olhava o mar
Mais ninguém sabia que estava lá
Olhei por horas e horas e não dei
as atenções devidas na chamada do celular.


Elas se repetiram por alguns minutos
Era gente de todos os lugares que costumava frequentar
Estava querendo chover
O céu ficou nublado, mas depressa tudo voltou a ser como era antes.


O céu azul e o mar da mesma linda cor
Meninos surfando
É tão interessante como eles parecem esquecer da vida
Como se não tivessem problemas
Já me disseram que problemas é a gente quem faz
Então o melhor é deixar para lá.


Deixar o barco correr ou a prancha boiar
Se eu já tentei de tudo e está faltando isso, acho que está na hora de eu testar
Teste comigo e você não já está
Teste de paciência, até comigo eu vou tentar.


A areia ficava gelada
por causa da água fria que batia contra o meu corpo
Como quem queria retirar algo estranho
posto ali na frente da beleza que todos admiravam com a certeza de que iam para casa encontrar
a família ou parte da sua alma que estava a lhe esperar.


O vento podia alcançar
os cabelos, mas só sentia as lágrimas colarem no rosto meio entristecido
Ou sei lá o quê
As pessoas não estavam lá
Não tinha com quem encontrar.


Até poderia ver uma das poucas pessoas que tem algum apreço
mas as coisas não andavam bem para telefonar
Olhava para os lados e encontrava
o asfalto quente e uma pracinha onde os adolescentes se encontravam para flertar
Flerte na minha época era motivo de se apaixonar.


Paixão pega fácil
Quando vê você já está
O amor, esse sim já dura custa o que custar
Passa por qualquer coisa é só bastar se vê amar
E até mesmo quando não pode perdurar
e o tempo a contar
passa mesmo devagar.


Resolver entrar no mar já não era de se espantar
Seria algo rápido e nada a declarar
Talvez ninguém visse e a decisão pudesse mudar
Um breve banho para acalmar
Dormir de vez numa cama quente e dura
sem sonhos para sonhar.


O cheiro é algo que se guarda mesmo sem querer
Fica entranhado e a mente logo quer penetrar
O do pescoço é ouro e é algo a que não se pode disfarçar
Se eu quero e você quer porque não tentar?
Eu tinha recebido avisos que não seria fácil aturar.


O que me basta é escrever e desembuchar
Escrevo aqui o que meu coração não quer guardar
Final de dia e o expediente já não vai mais deixar
eu imaginar uma praia e a noite com o seu luar.


*Tamyris Torres é jornalista e fotógrafa (Rio de Janeiro/RJ)






quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

MACHADO PARTICIPA DA II CONFERÊNCIA ESTADUAL DE CULTURA EM BELO HORIZONTE.

A Delegação eleita na I Conferência Municipal de Cultura de Machado-MG, marcou presença atuante na II Conferência Estadual de Cultura, em Belo Horizonte que aconteceu no período de 02 a 04 dezembro de 2009.
 
Várias das propostas contidas no relatório da conferência municipal de Machado, pertinentes a ações em âmbito estadual, foram debatidas
e defendidas por nossos representantes, que numa atuação dinâmica e eficaz, levaram até a capital mineira o nome de Nossa Terra, difundindo e valorizando a cultura local, conquistando o direito de participação na II Conferência Nacional de Cultura, a realizar-se em março/2010 em Brasília.
 
Na foto os delegados: Suely Inês de Souza e Silva, Platinny Dias de Paiva  (Banda 7 Copas)e Rosa Maria Signoretti Araújo (Diretora da Casa da Cultura de Machado-MG).
 
Foto: Rosa Maria Signoretti Araújo

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

MORRE LOMBARDI, "A VOZ DO SBT"

Luiz Lombardi Neto, locutor oficial do apresentador Silvio Santos, foi encontrado morto por volta das 8h da manhã desta quarta-feira (2) em sua casa na cidade de Santo André, na região metropolitana de São Paulo. O locutor sofreu um enfarto, segundo informou sua família.


Reinaldo Lombardi, irmão do locutor, afirmou que a família foi pega de surpresa. O corpo foi liberado por volta das 13h e o velório será realizado na Câmara Municipal de Santo André a partir das 15h. O enterro será realizado na quinta-feira (3).


“Ele estava bem. Não tinha problema de saúde. Hoje, ele teria uma gravação com o Silvio Santos e ontem tinha pedido para a mulher separar a roupa, como faz normalmente. Nesta manhã, quando ela foi acordá-lo, encontrou ele morto na cama”, afirmou Nair Lombardi, cunhada do locutor.


De acordo com Nair, o corpo ainda não foi liberado e a família ainda não sabe onde vai ser o velório e o enterro. “Não estávamos esperando por isso. A mãe do Lombardi está muito mal de saúde. Ela sofreu dois AVCs e há mais de dez meses está em estado vegetativo. Fomos pegos de surpresa”, completou.


Silvio Santos ficou muito triste com a notícia. Ele chegou a cogitar o cancelamento das gravações do "Programa Silvio Santos" que aconteceriam hoje, mas mudou de ideia e resolveu gravar o programa em homenagem ao amigo.


Lombardi trabalhou ao lado do apresentador durante mais de 40 anos. Nos anos 90, enfrentou um problema de saúde e precisou retirar um tumor embaixo da língua. Depois da retirada, foi constatado que era benigno.


Sua imagem era mantida sob suspense até o início dos anos 2000. Em fevereiro de 2001, ele esteve no desfile da escola de samba carioca Tradição, ano em que a agremiação homenageou o apresentador.

Fonte: http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI108050-9531,00-LOMBARDI+LOCUTOR+DE+SILVIO+SANTOS+MORRE+EM+SAO+PAULO.html


Fotos: Beatriz Burroul