SIGA O MEU BLOG

quarta-feira, 23 de março de 2011

SÉTIMO CÉU (poema)

Cúmplice deste universo
Congestionada paixões lunáticas
Ordenada inédita constelação
Signatário estrelar ordinária
Desejos galácticos nebulosos
Chuvas meteóricas lacrimejam
Incendeiam nuvens esparsas
Existências descobertas deformadas
Remissão humanitária do sentido
Alienados sentimentos dignos
Abduzidos rancores atrelados
Gravidade relativa estudada
Traçada estratégia direcionada
Conquistando espaços siderais
Sublimação azulada formada
Avidez física constituída
Locatário dos pensamentos grávidos
Orquestrada e regida pelo astro.
Coração, viajando anos luz,
Vagueando procurando morada
O Amor...Tácito em plena órbita...


Márcio de Oliveira (Márcio Dorta)

Contato: marciodorta@yahoo.com.br
04/02/2011


Um comentário:

Universo da Poesia disse...

Lindo! Como tudo que você escreve.
Parabéns!
Sua Fã!