SIGA O MEU BLOG

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

PASSADO (Maria do Carmo Bonfim)


Eu era tão menina
para entender teu sentimento
o quanto você se deu
e não percebi
nem por um momento.

Eu era tão garota
para as tuas artimanhas
que me enredavam
fazendo de mim uma sombra
da mulher que um dia eu seria.

Eu sou hoje
esta mulher
e não sabia.


 *Maria do Carmo Bomfim

4 comentários:

Cristina Bonetti disse...

Maria, parabéns pelo belíssimo poema!

Jussara Neves Rezende disse...

Muito bom o poema! Parabéns!

Maria do Ca\rmo Bomfim disse...

Obrigada Cristina Bonetti e Jussara Neves Rezende pelos parabéns.
Beijinhos

Yosef Lopes disse...

Muito bom!