SIGA O MEU BLOG

terça-feira, 19 de março de 2013

Minha Alma Chora (Zumar Tamburu)


Minha alma chora
Como um rio que desagua
Como tirar esta dor, profunda.
Que, hoje neste mundo.
Os pássaros cantam, o vento passa
O mundo gira
E giro em sua volta
Tudo funciona
Tudo continua
E a vida?
Ela se vai...
E como uma fumaça
Que se perde
Neste horizonte sem fim
Minha alma chora
Por tudo que esta acontecendo
E o que fazer?
Tenho amores que se foram
Tenho lembranças
Que ficam me lembrando
Lembro de um passado
Que me atormenta
O que fazer?
Com toda esta realidade
A estrada e árdua
Mas minha alma está em chama
Por tantos amores que se foram
Minha alma chora

Nenhum comentário: