SIGA O MEU BLOG

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Meditação ao Tocantins

debruço-me em sua amurada
alto de álcool, ébrio de versos
memórias das tardes quentes
de olhos arenosos e rubros
garganta seca de gorjeios
caminhada pausada à borda
pendente na ponta dos dedos
a lata de líquido loiro
meu amor não me ensinou
a ser simples como um barquino
deslizando nas águas dos ríos
que bem banham marabá


Nenhum comentário: