SIGA O MEU BLOG

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

A  ARTE DO ENTALHAMENTO

        A arte de entalhar (esculpir) em madeira começou cedo na vida de Alexandre de Almeida Leite, 53 anos. Incentivado pelos avós maternos, obteve ótimo resultado com a sua primeira peça: a silhueta de Cristo. Foi a partir daí, aos 20 anos, que sua trajetória começou.
        Foram anos de muito trabalho, dedicação e pesquisas constantes das formas exóticas criadas pela própria natureza encontradas nas matas e beiradas de rios da região. Alexandre possui um acervo com cerca de cem esculturas naturais. Ele foi membro da A.M.A.R (Associação Mineira de Artesanato Rural), e da “Entidade de Artesãos Mãos de Minas”, de Belo Horizonte.
        Durante uma exposição no Centro Cultural da Urca, em Poços de Caldas-MG, os membros da Paróquia de Presidente Prudente (SP) encomendaram-lhe que esculpisse a “Via Sacra”. O próprio Ministro da Eucaristia veio especialmente à cidade de Machado para buscá-la.
Admirado com a obra, o então Cônego Walter encomendou também para a Igreja de São Expedito.
      Em meados de 2000, a pedido do Cônego, Alexandre esculpiu o “O Cristo Ressuscitado”, obra agnóstica que foi colocada na Matriz durante a Páscoa. Atualmente ela se encontra no Salão Paroquial.
        
     Suas obras já foram expostas em Belo Horizonte (Loja ‘Mãos de Minas’ da Associação dos artistas de BH), Itajubá, Santa Rita do Passa Quatro e todas as cidades do circuito das águas: Caxambu (Exposição de Cavalos Manga Larga Marchador) onde seus trabalhos foram publicados em revistas especializadas; Baependi, Carmo de Minas, Três Corações, Conceição do Rio Verde, Soledade de Minas, Campanha, Lambari, Cambuquira e São Lourenço.        
        No interior de São Paulo expôs em Barretos (em parceria com a Loja ‘Billy Boots Cowboy’ de 2002 a 2003) onde vendeu para sheiks árabes, e Campos do Jordão (Haras Rancho da Neblina e no Restaurante Rei do Camarão). Alexandre já esculpiu mais de cem peças, algumas foram enviadas para Portugal.
Pedidos: (35) 99977-4972/whatsapp
---------------------------------------------------------

        A tempo: no Vale das Pedras, em Paraguaçu, existe uma árvore que fora atingida por um raio. No lugar onde o raio caiu surgiu formou-se o desenho de um manto. 
Muitos acharam ser o de Nossa Senhora. Alexandre foi chamado para dar mais detalhes nos contornos... Hoje o local é de peregrinação onde muitos afirmam ter recebido graças.




Nenhum comentário: